Melhoria dos Acessos Ferroviários na Linha do Sul

A IP e a APSS assinaram um acordo de cooperação para a Melhoria dos Acessos Ferroviários “Linha do Sul - Modernização das infraestruturas e eliminação de constrangimentos na ligação ferroviária ao Porto de Setúbal e Praias – Sado”.

09 Agosto 2021

A Infraestruturas de Portugal e a APSS – Administração dos Portos de Setúbal e Sesimbra assinaram hoje um acordo de cooperação para a Empreitada de Melhoria dos Acessos Ferroviários “Linha do Sul - Modernização das infraestruturas e eliminação de constrangimentos na ligação ferroviária ao Porto de Setúbal e Praias – Sado”, dando continuidade à parceria entre as duas entidades e reforçando a importância deste modo de transporte nas cadeias logísticas intermodais que utilizam o Porto de Setúbal.

A cerimónia teve lugar na sede da APSS e contou com a presença do Secretário de Estado Adjunto e das Comunicações, Hugo Santos Mendes, dos Vogais do Conselho de Administração da APSS, José Castel-Branco Carlos Correia e Ricardo Roque e do Vice-Presidente da IP, Carlos Fernandes.

O Vice-Presidente da IP, referiu a relação custo benefício do projeto, que irá dotar a rede ferroviária com infraestruturas para “composições de 750m, permitindo que comboios elétricos saiam da zona de carga do Porto de Setúbal para rede ferroviária nacional”, tendo destacado ainda o benefício para o Porto de Setúbal “em 50% do custo de transporte entre o porto e a fronteira espanhola, com redução do percurso em 150 quilómetros e menos uma 1,30 horas nessa ligação”.

O projeto de melhoria dos acessos ferroviários à zona do porto, abrange um conjunto de intervenções de melhoria operacional da ligação ferroviária aos terminais portuários e tem como objetivo maximizar a operacionalidade das infraestruturas e a eletrificação das linhas até ao interior dos terminais, permitindo o aumento da capacidade de receção e do tamanho dos comboios de e para o porto, com redução dos custos de operação, redução de manobras, reforço da segurança da circulação ferroviária e consequente diminuição do tráfego rodoviário e do impacto ambiental.

Um projeto que permitirá dar continuidade à estratégia de modernização do Porto de Setúbal, cujos principais investimentos consistiram na Melhoria das Acessibilidades Marítimas e na implementação da JUL – Janela Única Logística consolidando e alargando o hinterland do Porto de Setúbal a Espanha tirando partido da Melhoria do Corredor Sul Ferroviário na ligação à fronteira de Elvas/Badajoz, e aumentando a sustentabilidade ambiental e a intermodalidade do porto.

O Secretário de Estado Adjunto e das Comunicações, Hugo Santos Mendes destacou ainda que “a concretização deste projeto contribuirá grandemente para o desenvolvimento do Porto de Setúbal reforçando a sua vocação como porto exportador, uma vez que cerca de 60% da mercadoria movimentada é já de exportação.”

 

Fonte: Infraestruturas de Portugal

CONTACTO

Preenche nosso formulário de contato e nossa equipa entrará em contato com você para encontrar a solução que precisa.